sábado, 15 de outubro de 2016


Depois de ter perdido várias horas da minha vida a ver "A Rapariga no Comboio" no cinema, decidi enumerar as sete razões pelas quais o "Julieta", do Almodóvar, é um filme a sério.

1 - As personagens: Almodôvar é perito em criar personagens. Por motivos que podem ou não vir à baila num outro post, tenho uma grande ligação e um enorme carinho por Espanha. Obviamente que pelos espanhóis também. Pela maneira muito particular como os espanhóis veem o mundo e pelo modo como encaram a vida;

2 - A teia humana: também não vou dissertar aqui o porquê mas as ligações entre as personagens do filme são-me familiares. Mais, encaixo-me muito em na personalidade de várias das personagens deste filme;

3 - Ouvir falar espanhol: Adoro. É motivo mais que suficiente. Adoro;

4 - A fotografia: não podemos dizer que é digna de um óscar nem que é revolucionária. Mas este filme tem uma fotografia boa, francamente boa;

5 - As mensagens e referências "escondidas": há muitas, basta estar atento. Ou então ler os créditos finais;

6 - O final: não vos vou contar;

7 - A música: que transcende o filme em si.

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Allie X


Eu disse que estava diferente, o meu gosto musical está cada vez mais estranho.

Muita coisa mudou

A começar por todo o visual do blogger. Mas acho que está na altura de voltar, desta vez à séria.

Nem imaginam, nem vos vou contar, as voltas que a minha vida deu nestes últimos tempos. Sou um David diferente, para o bem e para o mal.

A ver vamos como corre!

Já tinha saudades, bem-vindos!

domingo, 20 de outubro de 2013

desde que Plutão deixou de ser um planeta...

... a minha vida nunca mais foi a mesma, ou a desculpa mais esfarrapada de sempre.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Este blogue esteve parado

por um motivo muito simples.

Tal como na minha vida privada, achei que estava a partilhar demasiado por estes lados.

Nada melhor que fechar a boca o blogue por uns tempos para a coisa acalmar.

sábado, 21 de abril de 2012

sábado, 14 de abril de 2012

e chegou, chegou a noiva

Chegaram os convidados, o noivo, os padrinhos e até a noiva. Mas onde anda o padre?!

quinta-feira, 12 de abril de 2012

- blá blá blá, fala David.
- Oi?
- blá blá blá, David.
- Qual é seu nome?
- DA-VID!
- Vivido?
- Sim... --'
- Oh, Vivido, é o seguinte...

sexta-feira, 6 de abril de 2012

sigur rós

sempre achei meio tolas as pessoas que os ouvem


Pá, duvido que entendam o que dizem. Mas depois lembrei-me, eu ouço POP japonesa.


sábado, 31 de março de 2012

como ganhar 10% de desconto

fácil


É chegar ao pé de mim e dizer-me: "thank you handsome".

não é baixar os braços

é já não conseguir manter os braços levantados


Hã! Que tal esta pérola de sabedoria? A um sábado de manhã é o que vos consigo arranjar.

Mas o que vos quero dizer é:

- eu gosto mais de vir para aqui dizer disparates e expor-me em público! O diário fotográfico continua aqui.
- já agora, também estou a fazer uma colecção de imagens bonitas, aqui.

E pronto, por agora é só isto. Hoje não há grandes teorias nem mais nada de especial para dizer.

sexta-feira, 30 de março de 2012

quinta-feira, 29 de março de 2012

quarta-feira, 28 de março de 2012

terça-feira, 27 de março de 2012

segunda-feira, 26 de março de 2012

365/365 - day 1

leaving London

é desta

é desta que começo (e termino) o projecto 365 dias 365 fotos

sábado, 24 de março de 2012

a culpa é da puta da brasileira

que me ofereceu uma pulseira do Senhor do Bonfim


Não é que a pulseira é eterna, pudesse eu ao menos trocar os desejos que formulei...


Empire Of The Sun - Walking On A Dream

quinta-feira, 22 de março de 2012

isto devia preocupar-me

o facto de aceitar e cumprir os conselhos do psicólogo da Bones.


E é sobre eles que penso de manhã, enquanto demoro mais tempo do que o necessário no banho.

domingo, 18 de março de 2012

sábado, 10 de março de 2012

sexta-feira, 9 de março de 2012

já sei, já sei

isto não são camélias!



pérolas a porcos (i)

ou de como eu faço piadas geniais e as pessoas não entendem...


No meio de uma conversa:

Fulano - "E ao 3.º dia..." - e calou-se;
Eu respondi - "Ressuscitou?!", e ri-me.

Ninguém entendeu a referência.

welcome to rio

ai que loucura... badaloooooooo... 

quinta-feira, 8 de março de 2012

da desilusão

ou a entrada que nunca vou publicar aqui


Eu bem que a escrevi (duas páginas A4 em Times New Roman 12) e li várias vezes. Estava, modéstia à parte, maravilhosa! Mas depois pensei para com os meus botões (já que o fecho do casaco rebentou): "Pá, David, se tu até no facebook já evitas expor-te demasiado porque o vais fazer aqui? Tá mas é quietinho!" E apaguei o documento para evitar deslizes.

E assim não partilho com vocês a minha teoria sobre as várias vezes em que já fui desiludido, sempre da mesma forma, e os motivos pelos quais eu sei que isso acontece.

Por isso, deixo-vos o video que me deixou mais bem disposto e que estou a ouvir vezes sem conta!